Portal Domínio Público - Biblioteca digital desenvolvida em software livre  
Missão
Política do Acervo
Estatísticas
Fale Conosco
Quero Colaborar
Ajuda
 
 
Tipo de Mídia: Texto
Formato:  .pdf
Tamanho:  780.70 KB
     
  Detalhe da ibra
Pesquisa Básica
Pesquisa por Conteúdo
Pesquisa por Nome do Autor
Pesquisa por Periodicos CAPES
 
     
 
Título:  
  Monitoração ambiental no setor de biotecnologia: comportamento de busca e uso de informação em empresas de micro e pequeno portes de Minas Gerais
Autor:  
  Adriana Duarte Nadaes   Listar as obras deste autor
Categoria:  
  Teses e Dissertações
Idioma:  
  Português
Instituição:/Parceiro  
  [cp] Programas de Pós-graduação da CAPES   Ir para a página desta Instituição
Instituição:/Programa  
  UFMG/CIÊNCIAS DA INFORMAÇÃO
Área Conhecimento  
  CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO
Nível  
  Mestrado
Ano da Tese  
  2007
Acessos:  
  402
Resumo  
  Investiga o comportamento de busca e uso de informação sobre o ambiente organizacional externo; por parte dos gestores das empresas de micro e pequeno portes do segmento de biotecnologia de Belo Horizonte/Minas Gerais. Com esta pesquisa procurou-se responder às seguintes questões: se é fato que as organizações devem interagir com o ambiente externo para desenvolver e manter sua competitividade; qual é a importância do processo de busca e uso de informações externas? Sob que condições o uso das informações coletadas torna-se um redutor de incertezas para as organizações de micro e pequeno portes? Esta pesquisa foi desenvolvida utilizando-se da análise qualitativa; obtida com a realização de entrevistas com gestores de empresas de biotecnologia mais especificamente ligadas ao segmento de saúde humana da área de diagnóstico; na região de Belo Horizonte; Minas Gerais. Três categorias de análise foram destacadas: o ambiente organizacional; o perfil dos gestores e o comportamento de busca e uso da informação. Os resultados levam-nos a concluir que ambientes; cenários e pessoas diferentes têm necessidades; comportamentos; análises e usos de informações diferenciados. Não existe um padrão único de comportamento de busca e uso de informações externas; e a redução das incertezas independe da quantidade de informação coletada e ou mesmo processos estruturados. A redução da incerteza se concentra nos indivíduos e na sua capacidade pessoal de adicionar valor à “informação”; informação esta que poderá ser utilizada para responder a uma pergunta; resolver um problema; tomar uma decisão; negociar uma posição ou compreender uma situação.
     
    Baixar arquivo