Portal Domínio Público - Biblioteca digital desenvolvida em software livre  
Missão
Política do Acervo
Estatísticas
Fale Conosco
Quero Colaborar
Ajuda
 
 
Tipo de Mídia: Texto
Formato:  .pdf
Tamanho:  1.76 MB
     
  Detalhe da ibra
Pesquisa Básica
Pesquisa por Conteúdo
Pesquisa por Nome do Autor
Pesquisa por Periodicos CAPES
 
     
 
Título:  
  Malungos do sertão: cotidiano, práticas mágicas e feitiçaria no Mato Grosso setecentista
Autor:  
  Mario Teixeira De Sa Junior   Listar as obras deste autor
Categoria:  
  Teses e Dissertações
Idioma:  
  Português
Instituição:/Parceiro  
  [cp] Programas de Pós-graduação da CAPES   Ir para a página desta Instituição
Instituição:/Programa  
  UNESP/ASS/HISTÓRIA
Área Conhecimento  
  HISTÓRIA
Nível  
  Doutorado
Ano da Tese  
  2008
Acessos:  
  834
Resumo  
  O presente trabalho tem por finalidade desenvolver uma pesquisa relacionada à vida cotidiana das sociedades que habitaram o Mato Grosso (1719-1830); e o papel das práticas mágicas e feitiçarias realizadas por esses grupos. Para tal serão analisadas as sociedades que penetraram essa região; como as européias; africanas e seus descendentes brasileiros; como as autóctones que viviam nessa região; como Paiaguá; Guaicuru; Caiapó e Bororo. Mais que uma análise etnográfica desses grupos; buscar-se-á desenvolver um entendimento das possibilidades do uso das práticas mágicas e feitiçarias nesse cotidiano; como resultado do diálogo entre as diversas matrizes culturais; aqui apresentadas. Diálogo esse; visando apresentar soluções para as questões da vida material e imaterial; ou metafísica; surgidas como respostas às questões gerais do período estudado; ou como resultado das especificidades da sociedade matogrossense do setecentos. Assim; serão privilegiados: o cotidiano como espaço formulador de questões; de problemas e as práticas mágicas e a feitiçaria como elementos solucionadores; formuladores de respostas a essas questões.
     
    Baixar arquivo