Portal Domínio Público - Biblioteca digital desenvolvida em software livre  
Missão
Política do Acervo
Estatísticas
Fale Conosco
Quero Colaborar
Ajuda
 
 
Tipo de Mídia: Texto
Formato:  .pdf
Tamanho:  1.65 MB
     
  Detalhe da ibra
Pesquisa Básica
Pesquisa por Conteúdo
Pesquisa por Nome do Autor
Pesquisa por Periodicos CAPES
 
     
 
Título:  
  Avaliação da remoção de matéria orgânica carbonácea em filtros anaeróbios tratando lixiviado de resíduos sólidos urbanos
Autor:  
  Aldrim Vargas de Quadros   Listar as obras deste autor
Categoria:  
  Teses e Dissertações
Idioma:  
  Português
Instituição:/Parceiro  
  [cp] Programas de Pós-graduação da CAPES   Ir para a página desta Instituição
Instituição:/Programa  
  UNISINOS/ENGENHARIA CIVIL
Área Conhecimento  
  ENGENHARIA CIVIL
Nível  
  Mestrado
Ano da Tese  
  2009
Acessos:  
  237
Resumo  
  A geração dos resíduos sólidos urbanos (RSU) se transformou em um dos maiores problemas da atualidade. A quantidade e variedade de materiais descartados, o aumento populacional nas cidades e a crescente geração per capita, tornam cada vez mais complexo o seu gerenciamento. A disposição desses resíduos no ambiente se faz em aterros sanitários. Entretanto, a utilização desse método de disposição está atrelada a potenciais impactos ambientais, sendo um dos principais a geração de lixiviado. A geração e a liberação de lixiviado para o meio ambiente são preocupantes em função da sua composição já que contém diferentes compostos, vários deles com potencial poluidor elevado. É fundamental a identificação de alternativas tecnológicas para unidades de tratamento de lixiviado que compatibilizem custos baixos, eficiência de tratamento e atendimento aos padrões sanitários operados no país. Essa pesquisa estudou filtros biológicos anaeróbios com a pretensão de obter a eficiência de remoção de matéria orgânica carbonácea nas unidades. Os filtros instalados para a pesquisa operaram com dois meios suportes: rachão e o bloco de concreto, sendo que variou-se a entrada de lixiviado: fluxos ascendente e descendente, buscando-se identificar as condições ótimas de operação para aplicação em aterros sanitários instalados em municípios brasileiros. Filtros com blocos de concreto como meio suporte demonstraram maior formação de biofilme tanto nas determinações diretas de massa, quanto nas análises de proteínas e contagem microbiana. As morfologias predominantes no biofilme foram bacilos, cocos, sarcinas, filamentos e espirilos. A eficiência de remoção de matéria orgânica nos filtros anaeróbios operados com fluxo ascendente de lixiviado foi de 61% e 56% para rachão e bloco, respectivamente. A operação dos filtros com fluxo de entrada ascendente foi a melhor opção em todas as estações do ano quando se trata de remoção de matéria orgânica. Os resultados obtidos com filtros operados com fluxo ascendente indicam uma maior mistura no sistema, já que no fluxo descendente existe a dificuldade da distribuição homogênea do lixiviado e uma maior formação de lodo no fundo dos filtros estudados.
     
    Baixar arquivo