Portal Domínio Público - Biblioteca digital desenvolvida em software livre  
Missão
Política do Acervo
Estatísticas
Fale Conosco
Quero Colaborar
Ajuda
 
 
Tipo de Mídia: Texto
Formato:  .pdf
Tamanho:  2.19 MB
     
  Detalhe da ibra
Pesquisa Básica
Pesquisa por Conteúdo
Pesquisa por Nome do Autor
Pesquisa por Periodicos CAPES
 
     
 
Título:  
  Intensidade de pastejo e métodos de pastoreio na produção de cordeiros com lavoura de verão em sucessão
Autor:  
  Stefani Macari   Listar as obras deste autor
Categoria:  
  Teses e Dissertações
Idioma:  
  Português
Instituição:/Parceiro  
  [cp] Programas de Pós-graduação da CAPES   Ir para a página desta Instituição
Instituição:/Programa  
  UFRGS/ZOOTECNIA
Área Conhecimento  
  ZOOTECNIA
Nível  
  Doutorado
Ano da Tese  
  2010
Acessos:  
  375
Resumo  
  A integração lavoura-pecuária tem sido proposta como um sistema que mitigaria as maléficas consequências ambientais dos sistemas de produção intensivos e de baixa diversidade. Neste contexto, este trabalho foi realizado na Estação Experimental Agronômica da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, teve por objetivo avaliar a produtividade de ovinos alimentados em pastagem de azevém manejada sob diferentes intensidades de pastejo e métodos de pastoreio, bem como o efeito do pastoreio sobre o rendimento da lavoura de sucessão. Os resultados provêm de experimentos de pastoreio dos anos de 2006 e 2007, da lavoura de soja nas safras de 2005/2006, 2006/2007 e 2007/2008, além das lavouras de milho nas safras de 2005/2006 e 2007/2008. Na pastagem os tratamentos testados foram as combinações entre duas intensidades de pastejo (baixa e moderada) e dois métodos de pastoreio (contínuo e rotativo). No decorrer do ano, dois tipos de rotação foram avaliados (soja/pastagem e milho/soja/pastagem). As intensidades foram definidas por ofertas de forragem que representassem 2,5 (moderada) ou 5,0 (baixa) vezes o potencial de consumo dos animais desta categoria, que segundo o NRC (1985) é de 4% do peso vivo (PV). Os animais utilizados foram borregas de nove meses das raças Texel, Suffolk e Ile de France (ano de 2006) e borregos inteiros de nove meses da raça Texel (ano de 2007). O delineamento experimental utilizado foi blocos ao acaso, arranjados em esquema fatorial com quatro repetições. A produção animal não é influenciada pelo método de pastoreio e tão pouco pelas intensidades de pastejo testadas. Sistemas de integração de lavoura pecuária utilizando soja ou soja e milho em rotação com azevém no inverno resultam em maiores rendimentos visto que além dos ganhos com a produção pecuária, a produtividade de grãos não é afetada negativamente quando a intensidade de pastejo é bem controlada. Conclui-se que a utilização de sistema de Integração Lavoura-Pecuária é capaz de promover maior diversificação ao ambiente produtivo.
     
    Baixar arquivo