Portal Domínio Público - Biblioteca digital desenvolvida em software livre  
Missão
Política do Acervo
Estatísticas
Fale Conosco
Quero Colaborar
Ajuda
 
 
Tipo de Mídia: Texto
Formato:  .pdf
Tamanho:  2.74 MB
     
  Detalhe da ibra
Pesquisa Básica
Pesquisa por Conteúdo
Pesquisa por Nome do Autor
Pesquisa por Periodicos CAPES
 
     
 
Título:  
  Práticas de estratégias de fim de vida focadas no processo do desenvolvimento de produtos e suas aplicações em empresas que realizam a recuperação de produtos pós-consumo
Autor:  
  Yovana Maria Barrera Saavedra   Listar as obras deste autor
Categoria:  
  Teses e Dissertações
Idioma:  
  Português
Instituição:/Parceiro  
  [cp] Programas de Pós-graduação da CAPES   Ir para a página desta Instituição
Instituição:/Programa  
  USP/ENGENHARIA DE PRODUÇÃO
Área Conhecimento  
  ENGENHARIA DE PRODUÇÃO
Nível  
  Mestrado
Ano da Tese  
  2010
Acessos:  
  257
Resumo  
  A recuperação de produtos por meio das estratégias de fim de vida (EoL) é uma alternativa pró-ativa que visa diminuir os impactos ambientais e os resíduos decorrentes do descarte desses produtos. O objetivo deste trabalho é levantar as práticas ligadas às estratégias de fim de vida que podem auxiliar o processo de desenvolvimento de produtos (PDP) e verificar quais estão sendo aplicadas por algumas empresas que recuperam produtos na fase de pósconsumo. Para tanto, foi realizada uma revisão bibliográfica sistemática que identificou 87 práticas de estratégias de fim de vida e 64 práticas operacionais que podem ser usadas na integração da recuperação de produtos no PDP. De modo a verificar a aplicação das práticas operacionais, foram realizados quatro estudos de caso em empresas reconhecidas pela sua excelência em processos de remanufatura. Os resultados da pesquisa permitem verificar a baixa aplicação de práticas operacionais dentro dessas empresas no processo de desenvolvimento de produtos. Nos casos em que elas foram implantadas, observou-se que elas são uma mera conseqüência da melhoria continua dos processos. No entanto, as empresas já percebem a importância dessas práticas operacionais para a melhoria da gestão do ciclo de vida de seus produtos e das oportunidades relacionadas com os pilares da sustentabilidade (ambiental, econômico e social). Finalmente, conclui-se que há um paradoxo entre a teoria e a aplicação nas empresas com relação às práticas operacionais de fim de vida do produto, desde o PDP. Isto é ratificado pelo grande número de práticas existentes na literatura quando comparadas com a aplicação destas práticas operacionais nas empresas estudadas.
     
    Baixar arquivo