Portal Domínio Público - Biblioteca digital desenvolvida em software livre  
Missão
Política do Acervo
Estatísticas
Fale Conosco
Quero Colaborar
Ajuda
 
 
Tipo de Mídia: Texto
Formato:  .pdf
Tamanho:  6.39 MB
     
  Detalhe da ibra
Pesquisa Básica
Pesquisa por Conteúdo
Pesquisa por Nome do Autor
Pesquisa por Periodicos CAPES
 
     
 
Título:  
  Uma trajetória brasileira na arquitetura das exposições universais dos anos 1939-1992
Autor:  
  Andrea Moron Macadar   Listar as obras deste autor
Categoria:  
  Teses e Dissertações
Idioma:  
  Português
Instituição:/Parceiro  
  [cp] Programas de Pós-graduação da CAPES   Ir para a página desta Instituição
Instituição:/Programa  
  UFRGS/ARQUITETURA
Área Conhecimento  
  ARQUITETURA E URBANISMO
Nível  
  Mestrado
Ano da Tese  
  2005
Acessos:  
  755
Resumo  
  O presente trabalho desenvolve uma análise crítica e comparativa entre a arquitetura de quatro Pavilhões Brasileiros. Para tanto; tomando como base a participação do Brasil com pavilhões próprios nas exposições universais: Expo’39; em Nova York; Expo’58; em Bruxelas; Expo’70; em Osaka e projeto para Expo’92; em Sevilha; respectivamente; cada um dos pavilhões é analisado dentro do seu contexto histórico nacional e internacional. É uma tentativa de resgatar a importância da arquitetura efêmera brasileira; sobre a qual devem predominar registros relacionados à compreensão crítica da arquitetura nacional. As análises realizadas baseiam-se em conceitos e qualidades comuns e opostas durante a explanação de cada uma das situações documentadas. Assim; são relacionados e interpolados aspectos culturais; sociais e políticos existentes no âmbito da arquitetura nacional vigente. Os pensamentos dominantes da época; ideologias e conceitos são abordados durante o desenvolvimento desta dissertação. Ficou comprovado através das análises que; nem sempre a arquitetura dos Pavilhões Brasileiros procurou representar uma identidade nacional. Efetivamente; as análises deste trabalho comprovaram diversas influências na arquitetura dos Pavilhões Brasileiros e; muitas vezes; o resultado da representação brasileira limitou-se a refletir escolas ou correntes regionais que tiveram relevância no período da modernização brasileira.
     
    Baixar arquivo